Miocardite e pericardite

miocardite e pericardite

O que é pericardite e endocardite?

Miocardite, pericardite e endocardite são as inflamações ou infecções que podem afetar o miocárdio, pericárdio e endocárdio, respectivamente. O que é miocardite? A miocardite é uma inflamação do músculo cardíaco.

Quanto tempo dura a pericardite?

Esta forma de pericardite é geralmente autolimitada, com duração de 1-3 semanas e costuma surgir nas épocas epidemias virais, principalmente aquelas provocadas pela gripe (vírus Influenza), resfriado ou pelo virus coxsackie. Nestes casos, a pericardite é precedida por um quadro de virose respiratória ou por uma gastroenterite viral.

Quais são os tratamentos para pericardite?

A partir dos resultados desses exames, a maioria dos casos de pericardite consegue ser esclarecida. Na maioria dos pacientes com pericardite aguda provocada por vírus ou sem causa esclarecida, o tratamento pode ser feito com repouso e aspirina ou algum anti-inflamatório comum.

O que é pericardite infecciosa?

A pericardite infecciosa é, com mais frequência, de origem viral ou idiopática. A pericardite bacteriana purulenta é incomum, mas pode suceder endocardite infecciosa, pneumonia, sepse, trauma penetrante ou cirurgia cardíaca.

Quais são as causas da pericardite?

Insuficiência renal – A insuficiência renal crônica em estágios avançados pode causar o acúmulo de toxinas no organismo, provocando irritação do pericárdio. Câncer – a pericardite pode surgir quando algum tumor maligno provoca metástases para o coração.

O que é endocardite e como é tratada?

Endocardite é uma infecção no endocárdio (revestimento interno do coração). Normalmente a doença acontece quando uma bactéria ou germes de outra parte do corpo, como os da boca, se espalham pelo sistema sanguíneo se ligando a áreas afetadas do coração. A endocardite é incomum em pessoas com coração saudável.

Quanto tempo dura a pericardite?

Esta forma de pericardite é geralmente autolimitada, com duração de 1-3 semanas e costuma surgir nas épocas epidemias virais, principalmente aquelas provocadas pela gripe (vírus Influenza), resfriado ou pelo virus coxsackie. Nestes casos, a pericardite é precedida por um quadro de virose respiratória ou por uma gastroenterite viral.

Qual é a causa da pericardite idiopática?

Além dos vírus, outras causas possíveis de pericardite são: Causa desconhecida (chamada pericardite idiopática) – Em muitos casos, a causa da pericardite surge sem motivo aparente e a sua causa acaba não sendo esclarecida, o que não é um problema, pois muitos desses paciente melhoram apenas com anti-inflamatórios comuns.

Quais são os sintomas da pericardite?

Sintomas de Pericardite. A pericardite pode ser aguda ou crônica, a depender dos sintomas apresentados pelo paciente. A pericardite aguda é a inflamação repentina do pericárdio, que dura aproximadamente duas semanas, em média. A forma crônica dessa doença tem início gradual e persiste durante um tempo maior.

O que é pericardite e como é tratado?

Nesse tipo de pericardite há o desenvolvimento de um tecido, semelhante a uma cicatriz, no pericárdio, o que pode resultar, além de inflamação, em obstrução e calcificações, interferindo no funcionamento normal do coração. Remédios anti tuberculose: devem ser iniciados antes da cirurgia e mantidos por 1 ano; Cirurgia para retirada do pericárdio.

Quanto tempo dura a pericardite?

Porém, existem casos, em que a pericardite se vai desenvolvendo ao longo de vários meses, possuindo um tratamento mais demorado.

Como tratar pericardite aguda?

A pericardite aguda tem cura e, na maioria dos casos, o seu tratamento é feito em casa com repouso e uso de analgésicos e anti-inflamatórios receitados pelo cardiologista, no entanto, nos casos mais graves pode ser necessário internar o paciente no hospital.

Postagens relacionadas: